Carmem 1

R$1.200,00

REF: gg_16 Categoria

Descrição

Fotografar o não dito, revelado, ou que não deve ser visto ou mostrado.

Registrar o corpo feminino naquele intervalo de tempo em que ele se prepara para atingir seu ponto mais elevado, expressando o auge da dicotomia entre corpo e alma, humano e sobre-humano, animal e cultural.
O erotismo no trabalho de Gisele nos leva ao reencontro dessa dualidade de luz e sombra, vida e morte, em registros de rituais íntimos de sublimação. Suas cores mostram o exato ponto desta transgressão. Revelam o erotismo em sua plenitude, como um manifesto de liberação e superação do interdito.

Se alguém me perguntasse o que nós somos, eu lhe responderia assim: que somos essa abertura a todo possível, essa espera que nenhuma satisfação material acalmará e que o jogo da linguagem não saberia iludir! Estamos à procura de um ponto culminante. Cada um, se lhe apraz, pode negligenciar a procura. Mas a humanidade, em seu todo, aspira a esse ponto, que só ela o define, que só ela justifica e lhe dá sentido.

Georges Bataille em O Erotismo
Texto de Rosely Nakagawa

Informação adicional

Dimensões 41 x 54.5 cm